Conheça o CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo

Imagem: Arq. Luiz Augusto Contier

Uma grande notícia aos colegas arquitetos de todo país!

No dia 30/12/2010, o então presidente Lula, sancionou o projeto de lei que regulamenta a profissão de arquiteto e urbanista e a criação de um conselho nacional para esses profissionais, o CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo).

A partir da criação do conselho nacional, para exercer a profissão, o arquiteto e urbanista deverá ter registro profissional no CAU de seu estado, que permitirá sua atuação em todo o país.

Pela primeira vez, os arquitetos terão uma regulamentação própria, totalmente desvinculada da regulamentação profissional de engenheiros.
Até então, eles eram representados pelo Confea (Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) e pelos CREAs (Conselhos Estaduais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia).

Desde 1998, a luta para a criação do CAU tem sido comandada pelo CBA (Colégio Brasileiro de Arquitetos), grupo formado por cinco entidades nacionais de arquitetos: IAB, AsBEA, FNA, ABAP e ABEA.

A partir de janeiro, a AsBEA assume a coordenação dos próximos seis meses de ações do grupo de entidades e nesse período, serão realizadas as ações da primeira fase da transição para a organização do Conselho: a escolha do Presidente do CAU e de seus conselheiros.

O IAB também terá um papel importante a desempen har na implantação do CAU, realizando debates, seminários e mesas redondas, com a colaboração de todos os arquitetos, ao longo dos próximos meses.

Fonte: ARQ!BACANA

Related Posts with Thumbnails
Esta entrada foi publicada em Arquitetura e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

21 respostas a Conheça o CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo

  1. Marcos Aurelio Bezerra de Oliveira disse:

    Sou estudante de arquitetura e urbanismo na Universidade Geraldo Di Biasi em Volta Redonda e estou corsando o 3º ano, quero dar parabens a todos que lutaram para a liberdade do CAU, e mais uma vez agradeçer ao ex-Presidente Lula por sancionar a lei que cria o CAU.

    Marcos

  2. Luiz Carlos Freitas disse:

    O estudante de arquitetura, antes de se manifestar por escrito, deveria cuidar da ortografia de sua lingua o português. Arquitetos que redigem mal são sempre observados e criticados pela sua ignorância. Cuidado Marcos, não existe desculpa para erros como corsando e agradeçer.Sugiro a você consultar a correção de textos ao digitar para não se expor a estes ridículos. Felicito-o, entretanto, iniciativa de agradecimentos aos que lutaram pelo CAU.

  3. Arquiteto revoltado. disse:

    Que imbecilidade. Imaginem os futuros pisos salariais… Entendo que a arquitetura é um estado da arte, no entanto quem move a economia e por consequência as remunerações não é a arte, pelo contrário, esta não tem vez no Brasil. Conselho fraco, sem força (nunca terá, pois de fato a arquitetura tem sua fundamentabilidade limitada) que transformará o arquiteto em um profissional de segunda classe para contratos quer exemplos? Fisiatra (CRM) vs Fisioterapeuta (CREFITO) …. porque vocês não pesquisam a diferença nos pisos e as atribuições. Vamos ficar para o engenheiro civil assim como os enfermeiros dos médicos. Duvidam? Daqui a 10 anos vamos ver as consequencias desta idiotice! Agora vou ter que enfiar um diploma da UFRJ no rabo e fazer vestibular para engenharia civil na estacio. Só assim vou ter um salário digno e vou poder continuar exercitando a arte que aprendi durante meu período acadêmico.

  4. Arquiteto/Eng. Seg. Trabalho disse:

    Prezados.
    Com a criação do CAU como ficará a situação dos Arquitetos que possuem pós em engenharia de segurança do trabalho, os mesmos deverão pagar anuidade nos dois conselhos CAU e CREA?

  5. Arquiteto revoltado. disse:

    Claro que não. Seu registro é de arquiteto. Que pós é essa que você inventou? Você não é engenheiro. Você não tem pós em engenharia de segurança do trabalho, tem pós em segurança do trabalho.

  6. Angela disse:

    Concordo plenamente com o Arquiteto Revoltado, depois de 4anos trabalahndo com engenharia também vou jogar um diploma da UFRJ no lixo e fazer engenharia na estacio para voltar a ter um CREA, conselho reconhecido e estruturado e com anuidade mais barata.

  7. LILIA DIANA disse:

    Eu também não tenho certeza da funcionalidade desse novo conselho, na realidade o CREA deveria mesmo se dividir em dois ou três: 1- agronomia, 2- civil abrangendo todas as atividades afins e querendo uma terceira: mecânica.
    Isso sim a meu ver daria muito certo.
    Agora nos resta a incerteza, começando pelas anuidades, estamos em dezembro e pergunto: pago a quem? CREA ou CAU?
    O CAU ainda está se estruturando, nem sei se tem já pessoal para gerar boletos de cobrança, no site não esclarece nada.

    Arquiteta Lilia Diana
    http://arquitetando-a-arquitetura.blogspot.com
    última postagem: PISOS ANTIGOS

  8. Dorita disse:

    Engenheiros não estudam elaboração de projeto e fazem essas aberrações que vemos por ai. Não estudam conforto termico, acústica, planejamento, estudos sociais para entendadrem a sociedade… aliais muitos não estudam nem calculo estrutural de nenhum tipo. Estão muito aquém de nós ARQUITETOS, mal estudam resistencia dos materiais, Deviam trabalhar em fábricas de materiais construtivos estudando novos materiais para nós usarmos com segurança, pq muitos prudutos que estão no mercado não têm qualidade confiável.

  9. Dorita disse:

    Confiam em programas prontos e cometem aberrações, para calcular precisa conhecer calculo estrutural e ter noção de lógica, caso contrário CAI TUDO. Infelizmente a experiência me ensinou que poucos engenheiros são confiáveis, verifico tudo e não me empolgo com titulos de “engenharia”…. Somos mais do que eles pq enxergamos o TODO.

  10. walther miranda de carvalho disse:

    O CAU FOI OS 102 MOTIVOS DE OSCAR E PARA OS ENGENHEIROS FOI COMO PERDER A COISA MAIS VALIOSAS QUE TINHA NO CREA COMO FALOU UM ENGENHEIRO NO ULTIMO CONGRESSO EM BRASILIA E UM COLEGA QUE ESTAVA AO SEU LADO IRONIZOU OS ARQUITETOS FIZERAM IGUAL AS NOSSAS MULHERES QUANDO NOS LARGAM LEVAM TUDO QUE TEMOS.

  11. Cleo disse:

    Luiz Carlos Freitas. Acredito que mais ridículo ainda é passar sermão de ortografia para os outros em prol da “LINGUA” portuguesa não é mesmo!!!!!

  12. CARLÃO disse:

    Sinceramente não acredito numa melhora da Arquitetura no Brasil em Função deste novo conselho chamdo CAU !
    Aliás esse som da palavra ” CAU “, parece mais pra latido de cachorro, mas CRAU seria pior, ia parecer com CRÉU !
    Estou à 15 dias tentando minha inscrição de senha no CAU, ligo naquele número e diz que estão todos ocupados, sinceramente parece que o País está em Guerra.., e o CAU mal nasceu e não têm nem endereço e telefone, o CAU começou muito MAL . . . , mas breve será outro conselho com milhões de reais em seus cofres !! humm….
    Acredito que o CAU será como a ONU é, escritório bonitinho.., gente que se faz de educadinha…, mesas organizadinhas, mas na verdade não servirá pra nada, só para obter despojo do alheio !

    O CAU terá a mesma função de um sinzeiro instalado no guidão de uma Motóca 300 cc !!

  13. Márcio disse:

    caros colegas “Arquitetos”, faço uma única pergunta:
    aguém já conseguiu fazer a tal inscrição no CAU???
    por favor me avisem se conseguirem…

  14. Miguel Marcilio disse:

    Enquanto engenheiro fizer projeto arquitetônico de nada vale um conselho próprio se não apenas para transferir atribuições burocráticas e nomenclaturas que na pratica não mudam nada. Fundaram um conselho que nem os próprios fundadores sabem ainda pra que vai servir, se não a satisfazer interesses próprios, tudo de relevante ainda será visto futuramente, que palhaçada!
    Tenta fazer uma RRT, (tb não entendi pq mudar o nome), para prevenção de incendio ou complementares, nem estrutura no site, (q tá muito ridículo por sinal), esse tal CAU disponibiliza, agora não paga a anuidade pra vc ver oq acontece!

  15. Karin disse:

    Pessoal, este conselho é só virtual? Não se acha nenhum endereço nem no site, nem em qualquer outro lugar… Minha carteira do CREA vence em março e gostaria de fazer a nova, inclusive por que mudei de estado da federação. Podem me dar alguma informação? Obrigada!

  16. Clovis disse:

    A votação foi obrigatória para a chapa única, mas ninguém perguntou pela a criação do CAU , foi empurrada de goela abaixo. Nosso piso baseado em salários mínimos, ele só e garantido aos CREAS.

  17. Márcio disse:

    oi Karin;
    nos ultimos dias consegui falar no CAU-BR através do 0800 8830113 é bem verdade que muito dificil ser atendido, a informação é que para fazer a inscrição no CAU deve-se enviar alguns documentos digitalizados para o seguinte endereço: dev@caubr.org.br
    os documentos solicitados são:
    - carteira do CREA
    - CPF
    - Diploma
    eles dizem que o retorno leva em torno de 7 dias uteis, eu enviei no dia 30/01 e recebi por e-mail no dia 14/02

    boa sorte!

  18. Junior disse:

    LAMENTÁVEL!!! simplesmente LAMENTÁVEL o atendimento sem retorno do CREU/SP!!!
    ESTOU PERDENDO SERVIÇO E $$$$ POR CAUSA DE UMA MUDANÇA IMBECIL DE UM ÓRGÃO QUE NÃO TEM ESTRUTURA NENHUMA PARA ATENDER AOS ARQUITETOS.
    SE NÃO AGUENTA, NÃO INVENTA!!!!

  19. ALEXANDRE MENEGUETTI disse:

    QUAL O ENDEREÇO DO CAU SP?????????

  20. Retificando o porttuguês antes de receber críticas. “Karla, Gostaria de saber como fica a situação de arquitetos que cursaram a especialização em engenharia de segurança do trabalho, suas prerrogativas continuam? E aqueles que formarem agora podem se equiparar aos demais em relação ao quesito anterior? O CREA pode alterar seus estatutos de maneira que esta prerrogativa seja somente daquele conselho?

  21. Karla disse:

    Olá Jovâne, você teria que entrar em contato com o CREA, pois aqui é só um blog onde divulgamos as notícias.

    Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>